Especialidades ::
Patologia Bucal
É a especialidade que tem como objetivo o estudo laboratorial das alterações da cavidade bucal e estruturas anexas, visando ao diagnóstico final e ao prognóstico dessas alterações.
Por CROSP / Wikipedia / imagem rmariani

 

Para o melhor exercício de sua atividade, o especialista deverá se valer de dados clínicos e exames complementares.

As áreas de competência para atuação do especialista em Patologia Bucal incluem a execução de exames laboratoriais microscópicos, bioquímicos e outros bem como a interpretação de seus resultados. 

Inúmeras são as doenças que se manifestam na cavidade bucal. A etiologia das doenças do complexo bucomaxilofacial pode ser:

  1. Infecciosa (vírus, bactérias, fungos, protozoários), 
  2. Neoplásica (neoplasias benignas ou malignas), 
  3. Por injúrias teciduais (físicas, químicas),
  4. Imunológicas ou auto-imunes (processos alérgicos e auto-imunes),
  5. outras.

Uma vez que as doenças podem interessar vários órgãos ou estruturas, o cirurgião dentista, especialista em patologia bucal, tem um importante papel no diagnóstico e tratamento de uma grande gama de pacientes. A inter-relação com outras especialidades da saúde é uma marca da boa prática profissional. Assim sendo o patologista bucal pode se relacionar com variadas áreas da saúde: dentistas (estomatologistas, cirurgiões bucomaxilofaciais, entre outros), bioquímicos e médicos (patologistas, cirurgiões, dermatologistas, radiologistas, entre outros).

A carreira de patologista bucal pode ser trilhada por meio de especialização ou, academicamente, por meio de mestrado e doutorado. Os títulos acadêmicos permitem ao profissional lecionar sobre o conteúdo da patologia bucal e patologia geral, além de desenvolvimento de pesquisas relevantes à área.