Notícias
Beijo pode transmitir hepatite C
O vírus da hepatite C, que pode levar à morte, pode ser passado através do beijo ou escovas de dente usadas, diz um estudo publicado nos Estados Unidos.
Por BBC Brasil / imagem rmariani


Os pesquisadores afirmam ter encontrado traços do vírus na saliva das pessoas com hepatite C.

Eles acreditam que a saliva pode ser contagiosa e que as pessoas com o vírus podem passá-lo para outras.

Falando durante o evento Interscience Conference on Antimicrobial Agents em Chicago, eles disseram que pessoas com problemas na gengiva podem correr maiores riscos.

Milhões de portadores

O vírus da hepatite C é transmitido quando o sangue de uma pessoa infectada cai na corrente sangüínea de outra.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) calcula que existam cerca de 170 milhões de portadores do vírus da hepatite C no mundo. Entre esses, milhões seriam brasileiros.

A maioria dos infectados não sabe que sofre da doença.

O vírus afeta as pessoas de formas diferentes.

Muitos não apresentam qualquer sintoma, enquanto outros sentem extremo cansaço e mal estar.

Entre os sintomas estão fatiga, perda de peso, náusea, sintomas semelhantes aos da gripe, dificuldade de concentração, dores abdominais e icterícia.

Um em cada cinco doentes consegue se livrar do vírus naturalmente dentro de um período de seis meses.

Para os restantes, a hepatite C pode ser uma infecção crônica que permanece por décadas, podendo levar à morte.

Os pesquisadores da Universidade de Washington, em Seattle, fizeram testes com a saliva de 12 pessoas infectadas com o vírus da hepatite C diariamente durante 21 dias consecutivos.

Das 248 amostras, 52, ou uma em cada cinco, continham o vírus.

Traços do vírus foram detectados na saliva de sete entre os 12 voluntários. Entretanto, nenhum deles apresentou testes positivos durante os 21 dias consecutivos. Na média, eles apresentaram o vírus sete vezes durante as três semanas de testes.

Os doentes com maior probabilidade de apresentar traços do vírus em sua saliva foram aqueles que continham índices relativamente altos do vírus no organismo.

Também foi mais fácil detectar o vírus na saliva de pacientes com problemas na gengiva.

Os cientistas disseram que isso pode ocorrer porque o sangramento na gengiva deixa gotas minúsculas de sangue na saliva do paciente.

Segundo os cientistas, a pesquisa pode ter implicações para as pessoas infectadas com o vírus.

"Esse estudo indica que a saliva dos indivíduos infectados com a hepatite C pode ser contagiosa", eles disseram.

"Quantidades microscópicas de sangue na saliva devido a problemas de gengiva podem ser as responsáveis".

"Advertimos as pessoas com o vírus da hepatite C a não compartilhar escovas de dente com outras pessoas da casa".

A pesquisa também sugere que o vírus da hepatite C pode ser transmitido através do beijo.

Entretanto, Basil Williams, do National Hepatitis C Resource Centre, na Grã-Bretanha, disse que são necessários mais estudos para determinar se é mesmo possível contrair o vírus pelo beijo.

"Ainda não há um consenso entre os médicos sobre o nível de risco apresentado pelo beijo", disse Williams à BBC.

"É tecnicamente possível pegar a hepatite C através do beijo, mas o risco parece ser muito pequeno".