Notícias
Exame de saliva pode detectar o HIV
Segundo estimativas do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), um em cada quatro dos 900 mil infectados pelo HIV nos EUA não sabe que está contaminado pelo vírus.
Por European Journal of Oral Sciences, Volume 114, Issue 3, Page 175, June06 (Bibliomed)

Com o objetivo de testar a eficácia da detecção do vírus HIV na saliva, pesquisadores de Atenas, na Grécia, realizaram investigação com três diferentes métodos de análise (ELFA, ELISA e PCR). 

Participaram do estudo 68 indivíduos, sendo 34 portadores do vírus e 34 pessoas saudáveis, utilizadas como controle.

Foram realizados testes com a saliva e com amostras de sangue de todos os participantes. 

Os resultados do estudo mostraram que, comparados com os controles, os indivíduos portadores tinham duas vezes mais problemas de saúde bucal, incluindo doença periodontal. 

Os testes mostraram que a exatidão da detecção do anti-HIV na saliva é entre 97,1 e 100%, comparada com os testes no sangue.

Este tipo de teste poderia ajudar no controle epidemiológico da doença, encorajando mais pessoas ao exame e facilitando a entrega do resultado.

A pesquisa foi publicada na revista European Journal of Oral Sciences.